A Trupe

Equipe Criativa & Staff

Formado em atuação pela Escola Nacional de Teatro e em canto pela ETEC de Artes, atualmente está no Núcleo Experimental de Artes Cênicas do SESI. Estudou teclado, violão, teoria musical, participou de grupos de pesquisa sonora-musical, como o Núcleo de Sonoridades da Escola Livre de Teatro, orientado por Lúcia Gayotto, por dois anos, Música para Teatro Infantil com Fernando Escrich e Composição em Transe com Dan Nakagawa; e também de oficinas teatrais diversas, explorando linguagens como a Máscara Neutra, o Bufão, a metodologia Lecoq e a técnica do Palhaço, teatro musical, teatro do absurdo, teatro de animação, entre outros.

 

É ator da Cia da Tribo (Água Doce), está no espetáculo “O Aniversário de Jean Lucca”, de Dan Nakagawa; ator da Cia Pandemônio em Cena (Noite de Reis, direção Rodrigo Veloso), da Cia Navega Jangada (Os Quatro Cantos de Elpídio, Temos Vagas, Nas Terras de Kublai Khan, Quintal das Lembranças e Do Baú da Minha Vó, direção Talita Cabral), ator e compositor musical da Cia do Flores (Flores Amarelas e Flores Vermelhas, direção de Cláudia Jordão) e palhaço na Cia Lúdica que faz intervenções cênicas em hospitais, entre outros.

 

Foi indicado a melhor ator no Prêmio FEMSA pelo espetáculo "Flores Vermelhas" e melhor ator coadjuvante no Prêmio Arlequim pelo espetáculo "Violeta, a Menina Leitora". Pelo trabalho em “Cantos de Coxia e Ribalta”, venceu o Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Musical Independente 2019, na categoria Melhor Roteiro Original, juntamente de Gustavo Dittrichi.

 

Como compositor musical trabalhou também no Grupo Oba! de Teatro nos espetáculos "Violeta, a Menina Leitora" e "A Princesa e a Lagartixa".

Alef Barros

Criador / Músicas

Gustavo Dittrichi

Criador / Texto / Direção Geral & Encenação / Produção Executiva

Ator, cantor, diretor e dramaturgo, formado em Arte Dramática pelo Teatro-Escola Célia Helena; atua em teatro e música desde 2005, acumulando experiência em direção de atores, direção cênica teatral, encenação e produção teatral.

 

Diretor-fundador da Cia. de Teatro Lusco-Fusco e produtor-executivo na Lusco-Fusco Produções Artísticas, dirigiu os espetáculos "O Despertar da Primavera" (2012/2013), da obra de Frank Wedekind, baseado no musical homônimo; "HAIR" (2014), baseado no musical da Broadway; e também foi o produtor principal do espetáculo "Hedwig Rock Show" (2015), inspirado no musical "Hedwig And The Angry Inch", onde viveu a protagonista, sendo dirigido por Dannilo Autorino.

 

Pelo trabalho em “Cantos de Coxia e Ribalta”, foi indicado ao Prêmio Destaque Imprensa Digital 2018 (na categoria destaque em roteiro original, ao lado de espetáculos como “Bibi – Uma Vida em Musical”, “Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte” e “Cargas D’Água – Um Musical de Bolso”). Também concorreu ao Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Musical Independente 2019, tendo vencido nas categorias Melhor Roteiro Original e Melhor Direção, tendo também uma indicação a Melhor Ator (categoria por voto popular).

 

Como ator e cantor, esteve em "Hedwig Rock Show" (2015/2016), como Hedwig; "HAIR" (2014) como Claude; e “O Despertar da Primavera” (2012/2013), como Melchior Gabor. Em 2017 e 2018, integrou o elenco de "A Casa de Bernarda Alba", sob direção de Rafael Mallagutti, com a Cia. London. Integrou ainda o coro dos musicais "A Bela Adormecida" (2015); e “Les Miserábles” (2013), com direção geral de Matheus Marchetti. Outros trabalhos no teatro incluem: “Burundanga” (2013), de Luis Alberto de Abreu, com direção de Fernando Nitsch (Ágora); “Uma Espécie de Alaska”, de Harold Pinter, com direção de Marco Antônio Rodrigues (Folias D’Arte); e “Vianninha: nossa vida, da mão ao coração” (2012), com base nos textos “Nossa Vida em Família”, “Mão na Luva” e “Rasga Coração”, do dramaturgo Oduvaldo Vianna Filho e direção de Heloisa Maria (Cia. da Revista), as três no Teatro Célia Helena. Estudou canto nas técnicas de speech level singing e belting, técnica do palhaço com Danilo Peres e dança-teatro com Katia Lazarini. Como mestres de interpretação e teatro, teve nomes como Gabriel Miziara, Heloisa Maria, Marco Antônio Rodrigues, Chico Carvalho e Fernando Nitsch.

Carol Silveira

Assistente de Direção Cênica

Natural de Lajeado (RS), Carol é atriz formada pelo curso superior de Teatro da Universidade Anhembi-Morumbi, já tendo tido vivências em oficina de teatro na escola SESC de Ensino médio no Rio de Janeiro, com Ana Luiza da Silveira; e com Guadalupe Casal, na Escola de Teatro Tem Gente Teatrando, em Caxias do Sul. Também teve aulas de canto com Sérgio Sansão.

 

Como atriz, participou da montagem escolar "Ópera do Malandro", de Chico Buarque, pela Cia. Elettrone de Teatro e Vocal e Orquestra Jatobá, em 2011; "Orfeu da Conceição", de Vinícius de Moraes e Tom Jobim, pela Cia. Le Petit Pum, Vocal Jatobá e grupo Samba no Escuro, em 2013; "Nossa Vida Em Família", de Oduvaldo Vianna Filho, na Universidade Anhembi Morumbi, em junho de 2015;  "Cinderella – Um Conto Divertido", com direção de Rodrigo Giacomin, pela Cia Magic4Kids, no Silvestre Resort Thermas Park, em 2015; "As Bruxas de Salém", de Arthur Miller, na Universidade Anhembi Morumbi, em junho de 2016; e “Gota d'Água”, de Chico Buarque e Paulo Pontes, na Universidade Anhembi Morumbi, em dezembro de 2017.

Marco De Laet

Arranjos Musicais / Direção Musical

É multi-instrumentista, e estuda música desde 1994, possuindo conhecimentos em instrumento de sopro (clarinete, saxofone, flauta-doce, flauta-transversal), de cordas (baixo, violão, guitarra, ukelele e outros) e percussão (bateria, timba, bongô, marimba e outros). Estudou teoria musical com o Profº Cláudio Sant’Ana na Escola ABC Musical, onde também teve contato com instrumentos de sopro.

 

Participou de diversas bandas independentes entre 1994 e 2012. Estudou canto coral ao integrar o coro de tenores da Paróquia Santa Luzia. Com o grupo de teatro da paróquia, participou como ator da montagem anual de Páscoa (inspirada no musical “Jesus Cristo Superstar”), entre 2008 e 2014, vivendo personagens como Pedro, Pilatos, Judas e Jesus. Seu mais recente trabalho é como Jesus Cristo no musical da Páscoa de 2015.

 

Em 2014, entrou para a Cia. de Teatro Lusco-Fusco no musical "HAIR", integrando a banda como baixista e também como assistente de arranjo musical. Em 2015, foi Diretor Musical, baixista e pianista no espetáculo "Hedwig Rock Show" (2015), inspirado em "Hedwig And The Angry Inch", com direção de Dannilo Autorino. Também assinou a Direção Musical e foi swing de instrumentos do espetáculo "O Despertar da Primavera", da Cia. Sentidos de Teatro, em 2016.

 

Foi também aluno do Curso Livre de Teatro do SESI, sob orientação da Profª Martha Dias, integrando como ator e musicista a construção do espetáculo “Casarão 82 – Um Vôo Urbano”, que esteve em cartaz em novembro de 2014; e também participou da Oficina de expressão teatral de introdução ao corpo cômico, com a orientadora Carla Marco de Carvalho, no SESI Vila Leopoldina.

Dario Ricco

Arranjos Musicais de Piano e Percussão

Músico com formação popular e especialidade em bateria e percussão. Atua como professor em escola particular e sideman para grupos e artistas de gêneros variados. Em seus estudos, passou por instituições como o Projeto Guri, seguido pela Escola Municipal de Música, e posteriormente o Conservatório Souza Lima.

 

Atualmente cursa Bacharel em Música na Faculdade Integral Cantareira. Como sideman, destacam-se alguns nomes com os quais trabalhou, como Edimundo Vilanni Cortês, Cris SNJ, João Suplicy e Jaqueline & Luciana. No teatro, desenvolveu trabalhos musicais na Universidade Anhembi Morumbi em montagens de formandos, assim como na Escola Teatro Macunaíma.

 

É músico instrumentista na Cia Opsis Teatro, atualmente com a peça “Canções pra Amores Líquidos”; e produtor musical na Cia Filhos do Dr. Alfredo, atualmente como a obra “Quem fica com Quem”, com direção de Marcelo Braga e José Eduardo Vendramini. Tem como projeto pessoal a banda Wortex, grupo da nova MPB, onde atua como baterista.

Hiago Guirra

Arranjos Musicais de Violão e Guitarra

É instrumentista versátil. Tendo iniciado sua carreira no mundo da música prematuramente, aos 14 anos, já começara a ingressar no cenário independente musical em grupos dos mais diversos estilos, desde o rock até o samba e a bossa nova, tendo como foco instrumentos de cordas (guitarra, ukulele, banjo-cavaco e, como especialidade, o violão). Também possui conhecimento de piano e instrumentos percussivos.

 

Foi ativo na área de produção musical, auxiliando gravações, composição de arranjos e organização de eventos. Atualmente cursando bacharelado em música pela Faculdade Integral Cantareira, se especializando no violão popular, sob a supervisão do professor e violonista Camilo Carrara.

 

Em 2016, foi guitarrista no espetáculo "O Despertar da Primavera", da Cia. Sentidos de Teatro, com direção de Angelo Favero, Rodrigo Odone e Mayumi Honda.

Joyce Roldan

Arranjos Vocais

Se interessou por arte em quase todas as suas formas desde cedo, tendo se tornado atriz, cantora, desenhista e artista plástica. No teatro, começou aos 10 anos, com peças amadoras e depois profissionais, e desenvolveu sua carreira musical em paralelo à graduação em Cinema, Fotografia, Rádio e TV e vídeo pela Universidade FIAM.

Canta profissionalmente desde 2003, tendo dividido o palco com artistas renomados como Liriel, Manito (Os Incríveis), Paulo P.A. (RPM), Pixinga e Leila Moreno. Foi a lead singer oficial da principal banda do Rey Castro (SP) por dois anos.

Trabalhou como atriz em peças musicais, com destaque para "Leminski, Limão e Gelo", espetáculo baseado na obra do poeta curitibano; e protagonizou a ópera "Veredicto Feia, uma ópera irresponsável". Também trabalhou com vídeos institucionais, canta em eventos particulares e festivais e mantém um trabalho de Duo com o pianista premiado e também marido, Marcio Roldan.

 

Deu aulas de música, canto, cinema e desenho para deficientes intelectuais na Instituição filantrópica ABRACE.

Wellington Adélia

Coreografias

Bailarino, performer e coreógrafo, atua desde os 15 anos pesquisando e desenvolvendo trabalhos com dança e teatro. Formado em danças pelo Projeto Núcleo Luz, concluiu o Ciclo II (de formação em danças) e foi intérprete criador no espetáculo OKINOSMOV - Um Ballet Nada Russo, sob direção de Chris Belluomini. Coreografou o musical “HAIR”, da Cia. de Teatro Lusco-Fusco em 2014 e segue trabalhando com a Cia. desde então, coreografando também “Cantos de Coxia e Ribalta” – trabalho que lhe rendeu vitória no Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Musical Independente 2019, na categoria de Melhor Coreografia. Entre 2015 e 2016, coreografou também o espetáculo "O Despertar da Primavera" da Cia. Sentidos de Teatro, que estreou em agosto de 2016.

 

Participou da cerimônia de abertura da Copa do Mundo FIFA 2014 e em 2016 compôs o grupo formado pela bailarina e coreógrafa Morena Nascimento com o trabalho “ANTONIA - Como se em sua Dança Quisesse Reinventar o Exaustivo Ciclo do Nascer e Morrer”. Em continuidade dos estudos em corpo e dança, realiza pesquisas e participa de workshops em dança, performance e teatro procurando agregar e investir em diálogos que enriqueçam e fomentem cada vez mais seus anseios por pulsões orgânicas, advindas de dentro, para compor com as necessidades e possibilidades de coisas a serem ditas pela via das artes do corpo.

Jéssica Dittrichi

Cenografia

Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) em 2015, cursou Cenografia com o Mestre em Artes (ECA/USP) Mário Saladini Filho durante sua formação, participando de projetos como a adaptação cenográfica do texto “A Mais Forte”, de August Strindberg.

 

Envolvida com a Cia. de Teatro Lusco-Fusco desde 2011, participou de espetáculos como “O Despertar da Primavera”, “HAIR” e “Hedwig Rock Show” na parte de consultoria e concepção cenográfica. Também assinou a cenografia do espetáculo “Lusco-Fusco In Concert” 2019.

 

Especializou-se em gráfica digital em Los Angeles. Possui técnicas de desenho a mão livre, estudo de cores, modelagem 3D e desenhos técnicos.

Pedro Aldozza

Figurinos

Ator formado pelo Teatro Escola Macunaíma, começou a estudar canto aos 13 anos de idade. Em seu currículo teve professores como Ariel Moshe, Luís Baccelli, Andrezza Massei, Paula Capovilla, Leandro Lacava, Adriano DiSidney e Mto. Marconi Araújo.

 

Aprimorou seus estudos em teatro musical na Escola Casa de Artes Operária, S3 Produções Artísticas e na Cia de Teatro Lusco-Fusco; e seus estudos em sapateado com Christiane Matallo.

 

Integrou os elencos dos espetáculos "O Corcunda de Notre-Dame", da Cia EmFormação de Teatro, com direção de Nina Gagliardi; "HAIR", pela Cia. de Teatro Lusco-Fusco, com direção de Gustavo Dittrichi; e "Total Escuridão - Tanz der Vampire, o concerto" pela Musain Produções, com direção de Matheus Marchetti. Foi solista efetivo do Ensemble do Studio Marconi Araújo e atualmente cursa Artes Cênicas na Faculdade Paulista de Artes.

Gisele Santos

Maquiagem

Maquiadora formada pelo SENAC, Gisele é também jornalista, radialista e apresentadora, formada pela UNIP, pós-graduada em Comunicação em Redes Sociais e Planejamento do Marketing Digital pela FMU; e administradora de empresas pela UNICID.

Como maquiadora, trabalhou no Backstage da Beleza, na São Paulo Fashion Week 2017, na Casa dos Criadores e como maquiadora profissional para ensaios de estúdio e como maquiadora social.

 

Trabalhou com jornalismo cultural durante boa parte da carreira: por dez anos foi editora do site MundoRock (criado por ela) – sempre presente nos principais eventos internacionais e nacionais, além de colaborar com vários sites de música e lazer e celebridades. Durante cinco anos, falou sobre televisão no Ambulatório TV - que migrou para o Giselando em maio de 2014. Também conhece o outro lado do balcão das redações, pois atua desde 2003 como assessora de imprensa.


Como radialista, já apresentou programas de rock (98 in rock da 98 FM, Mundo Rock, Alternoise da RedeBlitz, Rádio Mundo Rock, Pode isso - Arnaldo? na MKK Web Rádio, Mundo Rock de Calcinha, Mundo do Rock na MetroMix do Japão).

 

Unindo as profissões de radialista e maquiadora, mantém um site informativo, o giselesantosmaquiadora.com

Apaixonada por música e por arte em geral, "Cantos de Coxia e Ribalta" é o seu primeiro trabalho dentro do teatro, integrando a equipe criativa e elaborando a concepção de maquiagem dos personagens.

Juju Bac

Iluminação / Assistente de Produção

Integrante da Companhia Lusco-Fusco desde 2017 e formada pelo INDAC Escola de Atores, é também atriz e cantora. Foi ganhadora na categoria de Melhor Direção Musical do Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Musical Independente 2019, pelo trabalho realizado com a Companhia COTTAL. Já trabalhou como atriz também na Austrália, no espetáculo “The Jungle Book”, pela companhia Brisbane Arts Theatre.

 

Como cantora, participou de grupos de canto coral, tanto no Brasil, pela ECA - USP, quanto na Austrália, pelo Queensland Performing Arts Centre. Fez oito anos de aulas de piano clássico e popular, e aulas de canto com diretores musicais do Núcleo Experimental, Fernanda Maia e Rafa Miranda. Tem também experiência com fotografia, ilustração científica e formação em Ciências Biológicas pela USP.

Grégory Damaso

Sonoplastia

Formado em Comunicação Social pela Unesp, fez a sonoplastia dos musicais "Cinderela" (2017), com direção de Rogério Matias e "Cruella - Um Novo Musical" (2018), com direção de Jorge William.

Alan Andrade

Microfonista / Assistente de Produção

Em 2017 concluiu o curso de artes cênicas no Teatro Escola Macunaíma. Dentre suas principais participações/formações artísticas, estão: em 2018 protagonizou Charlotte Corday no musical “Marat Sade”, em 2017 participou do espetáculo “Ar ou os pássaros estão caindo”, com a Maisumacia. Desenvolvimento do Ator, Cia Caminho Velho, UNIFESP (2013); Dança contemporânea e street jazz, Fábrica de Cultura (2014); Ensino de Treinamento Artístico, ETA (2013) e Jazz, Instituto Acquamar (2013). No teatro desenvolveu trabalhos como: “Um trem chamado desejo”, de Luís Alberto de Abreu, com adaptação e direção de Rafael Carvalho (2014); “A menina pendurada no varal”, criação coletiva da Cia NoVaral de Teatro, direção de Anita Franquini e “O despertar da primavera – O musical”, adaptado pela Cia de Teatro Lusco-Fusco, direção de Gustavo Dittrichi, além de experimentos cênicos em Teatro-Dança e Jazz.

Cia. de Teatro Lusco-Fusco apresenta CANTOS DE COXIA E RIBALTA, um espetáculo musical original de Alef Barros & Gustavo Dittrichi.

IDEIA ORIGINAL & ARGUMENTO Gustavo Dittrichi. MÚSICA de Alef Barros. DRAMATURGIA Gustavo Dittrichi (com base nas experimentações dos artistas). ARRANJOS MUSICAIS de Dario Ricco, Hiago Guirra e Marco de Laet. ARRANJOS VOCAIS de Joyce Roldan.  DIREÇÃO MUSICAL Marco de Laet. DIREÇÃO GERAL & ENCENAÇÃO Gustavo Dittrichi. Assistente de Direção Cênica Carol Silveira. COREOGRAFIAS E PREPARAÇÃO CORPORAL Wellington Adélia. CENOGRAFIA Jéssica Dittrichi. FIGURINOS E INDUMENTÁRIA Gustavo Dittrichi & Pedro Aldozza / Croquis originais de Figurinos: Pedro Aldozza / Costura e Confecção: Jacinta de Fátima Feitosa, Gustavo Dittrichi, Maria Parlângelo, Mari Perin, Gabriela Perin, Isabella Costa e Wellington Adélia. MAQUIAGEM Gisele Santos. PRODUÇÃO EXECUTIVA Gustavo Dittrichi. Assistentes de Produção Alan Andrade e Juju Bac. ELENCO Gustavo Dittrichi, Marco De Laet, Carol Silveira, Igor Patrocínio, Nina Vettá, Rodolfo Mozer, Renan Lucena, Isabella Costa, André Costa, Rodrigo Ruffeil, Beatriz Poza, Belle Sena e as atrizes convidadas Beatriz Belintani, Joyce Roldan e Laís Helena.

Iluminação Juju Bac. Sonoplastia Grégory Damaso. Microfonista Alan Andrade.

Agradecemos imensamente aos colaboradores que participaram do processo: André Sakajiri, André Oliveira, Andressa Lelli, Breno Manfredini, Beatriz Santiago Príncipe, Beatriz Castro, Carine Desiderá, Gabriela Perin, Heitor Moretti, João Said, Karine Luiz, Lilian Prado, Lucas Zamaia, Rodrigo Odone, Yasmim Ribeiro. Fotos de divulgação Allan Bravos, Gabriela Perin, Gustavo Zoppello e Juju Bac. Edição, arte e tratamento de imagem Dittrichi Comunicação e Design.

Comunicação, Divulgação e Criação Visual Dittrichi Comunicação.

PRODUTORA ASSOCIADA Foca Produções Artísticas.

PRODUÇÃO E REALIZAÇÃO Lusco-Fusco Produções Artísticas.

Site desenvolvido por Dittrichi Comunicação e Design.

Um espetáculo da

Produção e Realização

COMUNICAÇÃO, DIVULGAÇÃO & CRIAÇÃO VISUAL

Logo-Dittrichi com-escuro.png

APOIO

Agradecemos aos colaboradores:

Arte View, Broadway Meme, Opinião de Peso. Bruna Augusto, Cibele Cintra Maiellaro, Daniela F. A. E. Silva, Debora Luiz Gonçalves, Domingos Maesaka, Érica Hotts, Eurípedes Prataviera, Gisele Santos, Iara Aparecida Locondo deLaet, Liana de Jesus Vanzin Silveira, Lucca Salazar, Marcelo Costa, Maria Irene Sakajari, Mariana Perin, Raul Perillo, Ricardo Kelmer, locutora Rita Mirone, Sheila Falcão, Takako Toyokawa, Yacine Guellati.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now