ESPETÁCULOS

Capa.png

 // CANTOS DE COXIA E RIBALTA

 

PRIMEIRA TEMPORADA: Teatro Alfredo Mesquita (SP) - 13 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018 (sex.,sáb.,dom.).

SEGUNDA TEMPORADA: Funarte (SP) - 6 a 28 de outubro de 2018 (sex. e sáb.).

TERCEIRA TEMPORADA: Teatro Arthur Azevedo - 26 de julho a 11 de agosto de 2019 (sex., sáb. e dom.).

Participou do Festival de Teatro de Mauá 2018.

 

Indicado ao

Prêmio Destaque Imprensa Digital 2018

na categoria Destaque Roteiro Original.

 

Vencedor do

Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Musical Independente 2019

em três categorias: Melhor Roteiro Original, Melhor Direção e Melhor Coreografia.

 

Também indicado nas categorias: Melhor Direção Musical, Melhor Cenário, Melhor Atriz (Carolina Silveira), Melhor Ator (Gustavo Dittrichi) e Melhor Ator Coadjuvante (Rodolfo Mozer).

Sob os sussurros da coxia e as luzes de ribalta, um grupo de atores se reúne para contar uma história. Entre o corre-vida e as chegadas e partidas dos trilhos de uma estação de trem, o público é apresentado a uma trupe de teatro em crise financeira, que corre o risco de ter seu teatro tomado por conta da especulação imobiliária. Um Poeta então é encarregado de criar uma grande obra teatral a fim de trazer de volta aos artistas os tempos áureos: é a última chance do Teatro sobreviver. Neste cenário, personagens tipificados, inspirados pelos tipos commedia dell'arte - o Dono da Cia., um Poeta, um Músico, uma Primadonna, um Jovem Ator sonhador e uma linda e ambiciosa Jovem Atriz - passam a viver seus próprios conflitos, que misturam-se com a própria história da peça que estão montando. Enquanto tentam contar a história, a realidade mistura-se com a ficção até que se tornem uma coisa só. A abordagem poética da paixão, da desilusão, da entrega, da inveja e competição, da morte e, sobretudo, da sensação de estar sempre tentando permanecer "de pé" e superar os obstáculos impostos pelo destino - sensação tão comum ao Teatro e também à vida cotidiana - são os ingredientes para mover o espetáculo.

 

IMAGENS:

 

Um espetáculo musical original de Alef Barros e Gustavo Dittrichi.


Ideia original & Argumento: Gustavo Dittrichi. Música de Alef Barros. Dramaturgia: Gustavo Dittrichi (com base nas experimentações dos artistas). Arranjos Musicais de Dario Ricco, Hiago Guirra e Marco De Laet. Arranjos Vocais de Joyce Roldan.

 

Direção Musical: Marco De Laet. Direção geral & Encenação: Gustavo Dittrichi. Coreografias e Preparação Corporal: Wellington Adélia. Cenografia: Jéssica Dittrichi. Figurinos e Indumentária: Gustavo Dittrichi & Pedro Aldozza / Croquis originais de figurinos: Pedro Aldozza / Costura e confecção: Jacinta de Fátima Feitosa, Gustavo Dittrichi, Maria Parlângelo, Mari Perin, Gabriela Perin, Isabella Costa e Wellington Adélia. Maquiagem: Gisele Santos. Produção encarregada: Leandro Azevedo, com assistência de Juju Bac.

Com: Gustavo Dittrichi, Marco De Laet, Carol Silveira, Igor Patrocínio, Joyce Roldan, Rodolfo Mozer e outros.

 

Classificação etária: 12 anos.
 

1/6

 

Para mais informações e material, acesse o site do espetáculo.

 

Com: Gustavo Dittrichi,Paula de Castro, Diego Muras (segunda temporada) e João Said (primeira temporada);

E os músicos: Felipe Grazia (segunda temporada), Luiz Locci, Marco De Laet, Mariana Perin (segunda temporada) e Milton Villares (primeira temporada).

 

Baseado no texto original "Hedwig And The Angry Inchde John Cameron Mitchell e na música de Stephen Trask.

Texto adaptado e versões brasileiras: Gustavo Dittrichi. Direção de Atores: Dannilo Autorino. Direção Residente: Gustavo Dittrichi. Arranjos e Direção Musical: Marco De Laet. Cenografia: Gustavo Dittrichi e Jéssica Dittrichi. Maquiagem: Jess Tomasi (primeira temporada). Figurinos e Indumentária: Gustavo Dittrichi. Iluminação: Dannilo Autorino. Operação de som: Beatriz Santiago Príncipe (primeira temporada). Staff: 1ª Temporada - Beatriz Santiago Príncipe, Jess Tomasi e Pedro Aldozza.

 

Classificação etária: 12 anos.

// HEDWIG ROCK SHOW

 

PRIMEIRA TEMPORADA: de maio a junho de 2015.

SEGUNDA TEMPORADA: outubro de 2016.

Ela nasceu no cenário underground e off-Broadway em Nova York e, recentemente, ganhou espaço na Broadway, causando furor por onde passou. E agora, a dama do rock n’ roll, a compositora internacionalmente ignorada Hedwig ganha cara nova na releitura musical HEDWIG ROCK SHOW, da Cia. De Teatro Lusco-Fusco. Baseado no texto original “Hedwig And The Angry Inch”, de John Cameron Mitchell, e nas músicas compostas por Stephen Trask, o espetáculo conta a epopeia da transexual Hedwig, uma alemã nascida na época da separação da Alemanha pelo Muro de Berlim e que segue para os Estados Unidos buscando o sonho de se transformar em uma rockstar.

 

IMAGENS:

1/10

 

Para mais informações e material, acesse o hotsite do espetáculo.

// HAIR

 

TEMPORADA: de julho a setembro de 2014.

 

HAIR é um ode à liberdade. Produto da contracultura hippie e da revolução sexual dos anos 60, muitas de suas canções tornaram-se hinos dos movimentos populares anti-Guerra do Vietnã nos Estados Unidos. O espetáculo hoje é considerado mais do que um marco no teatro, mas também um marco social. Seu caráter experimental permeia a maioria das montagens até hoje.

 

Em 1968, Claude é um jovem hippie que enfrenta o dilema de ir lutar na Guerra do Vietnã e fazer o que seus pais e a sociedade esperam; ou seguir seu coração e fugir da convocação, abraçando de vez o movimento pacifista. Em meio a isso, sua Tribo hippie apresenta sua visão de diversos temas, como religião, sexo, consumo de drogas, gravidez e preconceito racial.

 

IMAGENS:

Com: Angelo Favero, Alan Jacob, Gustavo Dittrichi, Thami Kovalski, Vanessa Del Negri, Cha Alberto e outros.

 

Da obra de Gerome Ragni & James Rado.

Direção Geral: Gustavo Dittrichi. Assist. de Direção / Produção Geral: Amanda de Nardi. Arranjos musicais: Henrique Frozoni. Arranjos vocais: Alan Jacob. Coreografias: Wellington Matos. Cenografia: Amanda de Nardi, Gustavo Dittrichi e Vinicius Castilho. Iluminação: Gustavo Dittrichi e Vinicius Castilho. Figurinos e Indumentária: Gustavo Dittrichi (com assist. de Dayana Vieira e Pedro Aldozza).

 

Classificação etária: 14 anos.

1/10

 

Para mais informações e material, acesse o hotsite do espetáculo.

 
 

// O DESPERTAR DA PRIMAVERA

 

PRIMEIRA TEMPORADA: dezembro de 2012

SEGUNDA TEMPORADA (circulação por SP): de fevereiro a junho de 2013.

 

O DESPERTAR DA PRIMAVERA se passa na Alemanha, no final do século XIX, e trata do desabrochar da sexualidade na adolescência e do fim da inocência da infância. Melchior Gabor é um jovem brilhante e rebelde, que ousa questionar os dogmas vigentes, impostos por uma sociedade profundamente enraizada em conceitos patriarcais e religiosos. Wendla Bergman é uma menina integrante de uma família de classe média alta, criada por uma mãe com rígidos princípios morais e religiosos. O encontro dos dois irá provocar a explosão do desejo, da vontade de conhecer o sexo e o amor.

A história deles é acompanhada por outros jovens, como o oprimido e trágico Moritz, melhor amigo de Melchior, ou a bela Ilse, jovem errante que ousou aventurar-se pelo mundo e usufruir da liberdade. Todos eles têm que enfrentar o peso da repressão e do conservadorismo, nos mais diversos estágios da sociedade. Questões como abuso sexual, violência doméstica, gravidez na adolescência, prostituição, suicídio e homossexualidade, entre outros, vêm à tona na vida desses jovens.

IMAGENS:

Com: Gustavo Dittrichi, Vick Bouzas, Alexandre Fernandes, Amanda de Nardi e outros.

 

Da obra de Frank Wedekind.

Direção: Amanda de Nardi & Gustavo Dittrichi. Produção Executiva: Diego Gouveia. Cenografia: Jéssica Dittrichi. Iluminação: Gustavo Dittrichi e Silvia Mirio. Sonoplastia: Gustavo Dittrichi e Sarah Mohanna Araújo. Figurinos: Dayana Vieira.

 

Classificação etária: 16 anos.

1/6

 

Para mais informações e material, acesse o hotsite do espetáculo.

  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube

CIA. DE TEATRO LUSCO-FUSCO - 2020. Quinze anos de arte-resistência. Quinze anos de história de paixão por fazer acontecer.

Site e comunicação visual desenvolvidos por DITTRICHI COMUNICAÇÃO.

Este site é melhor visualizado em computador, pode apresentar diferenças em sua versão mobile.

Agradecemos aos fotógrafos que, muito gentilmente, nos cederam suas imagens que ilustram a nossa página: Allan Bravos, Bruno Carrascoza, Gustavo Zoppello, Jéssica Dittrichi, Julia Gutierre, Juju Bac, Mariana Perin, Nivas Nascimento e Pamy Cris. Somos eternamente gratos! :)

APOIO

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now