• Wix Facebook page
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

HOMECONTATO | AGENDA & INGRESSOS | CURSOS | ESPETÁCULOS SOBRE NÓS | Acesso aos membros

Cia. de Teatro Lusco-Fusco. 2005-2016. www.teatroluscofusco.com. Site e comunicação visual desenvolvidos por GDArt. Hospedado por Wix. Este site é melhor visualizado em computador, pode apresentar diferenças em sua versão mobile.

 

Agradecemos aos fotógrafos que, muito gentilmente, nos cederam suas imagens que ilustram a nossa página:

Jéssica Dittrichi, Julia Gutierre, Mariana Perin, Nivas Nascimento e Pamy Cris. Somos eternamente gratos! :)

Precisa de ajuda?

Contate-nos!

contato@teatroluscofusco.com

(11) 99270-4747

Quem somos

 

Com mais de doze anos de existência e ativa pesquisa teatral e musical na zona norte de São Paulo, a Cia. de Teatro Lusco-Fusco é uma organização cultural independente, sediada na cidade de São Paulo, cuja pesquisa teatral se dá através da junção de duas linguagens: música e teatro. Por conta disto, acumula, nos últimos anos, diversas montagens e laboratórios em teatro e teatro musical. O principal objetivo da Cia. é fomentar a arte através da divulgação de montagens teatrais, espetáculos musicais e apresentações performáticas.

 

 

É sediada dentro da comunidade do Imirim, zona norte, dentro do espaço da ACENBI (Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira do Imirim) que oferece suporte e apoio de infra-estrutura (espaço para ensaios) gratuitamente para a Cia., sendo assim contribuinte essencial, transformando-se, nos últimos anos, em um pólo de cultura na zona norte de São Paulo (atendendo às regiões do Irimim, Santana, Cachoeirinha e adjacências); tão carente de iniciativas como esta. Este é o único apoiador fixo da Cia. até o momento. Durante os últimos doze anos, o financiamento dos projetos se deu por parte dos próprios integrantes, apaixonados por arte e por sua pesquisa teatral.

 

A companhia foi criada em 2005 por um grupo de estudantes colegiais, e oficialmente fundada em 2006. Durante sua existência, acumulou experiências em teatro e música, tendo como origem espetáculos de teatro escolares. Desde o início, teve as portas abertas para adolescentes, jovens e adultos que desejassem integrar uma cia. de teatro, sem qualquer custo financeiro para os integrantes: através de testes e entrevistas, a cia. já abrigou, entre suas montagens, mais de 60 artistas, entre cantores/as, atores/atrizes, bailarinos/as, profissionais ou não, equipe técnica e criativa.

 

Em sua pesquisa, a Cia. realizou, entre 2006 e 2011, cinco laboratórios teatrais (peças produzidas e ensaiadas, mas não finalizadas e apresentadas), com o objetivo de estudo e experimentação, sempre envolvendo as linguagens da música e do teatro e, eventualmente, a dança.

 

Mas foi em 2012 que a Cia. deu o seu primeiro grande passo rumo à consolidar-se na linguagem que hoje pesquisa, quando escolheu para montar “O Despertar da Primavera”, clássico do teatro com texto original de Frank Wedekind, mas baseado na releitura musical “Spring Awakening”. A peça rendeu duas temporadas, gratuitas: uma em dezembro de 2012, e a outra entre fevereiro e junho de 2013 (sendo que na última, a Cia. rodou pela cidade de São Paulo, visitando CEUs e centros culturais). A escolha de “O Despertar da Primavera” também mudou o tipo de texto e de linguagem cênica que o grupo até então pesquisava.

 

Seguindo a mesma tendência, em julho de 2013, logo após o término “d’O Despertar”, a Cia. abriu audições para artistas para o musical “HAIR”, baseado no original da Broadway, mas buscando inspirações também na peça brasileira original dos anos 70, e trazendo os questionamentos ao cenário social e político paulistano de 2013/2014. “HAIR” ficou em cartaz entre julho e setembro de 2014, a preços populares.

 

De novembro de 2014 a abril de 2015, a Cia. ensaiou o espetáculo “Hedwig Rock Show”, baseado no original “Hedwig And The Angry Inch”, off-Broadway de John Cameron Mitchell. A primeira temporada da peça estreou em maio de 2015 e ficou em cartaz até junho, na sede da Cia.; no Imirim; e em outubro de 2016, retornou aos palcos, desta vez na Praça Roosevelt, centro teatral fervilhante de São Paulo.

 

Em meados de julho de 2015, a Cia. começou a pré-produção (composição musical e argumento) de “Cantos de Coxia e Ribalta”, seu primeiro trabalho 100% autoral, inspirado no teatro narrativo brasileiro, nos personagens-tipos da commedia dell’arte e explorando musicalmente referências diversas de ritmos brasileiros; reconstruindo sua própria linguagem teatral, misturando sua bagagem anterior com os novos horizontes que deseja explorar. Durante os anos de 2016 e 2017, a equipe trabalhou na consolidação da dramaturgia do espetáculo; nos arranjos musicais e vocais das músicas e em experimentações e ensaios que deram origem ao texto final. O espetáculo estreou em janeiro de 2018, em São Paulo, e prossegue na agenda da programação da Cia. ao longo de 2018 e 2019.

 

Atualmente, a Cia. é dirigida e coordenada por Gustavo Dittrichi, que também integra o corpo artístico. Assumem as funções de diretores artísticos Gustavo Dittrichi e Marco De Laet, de diretor de produção e encarregado Leandro Azevedo, e asisstente de produção Juju Bac. Completam o corpo artístico (junho/18): Alef Barros, Beatriz Belintani, Carol Silveira, Dario Ricco, Hiago Guirra, Igor Patrocínio, Isabella Costa, Joyce Fernandes, Lais Helena, Lucas Sansi, Marcelo Fagundes, Rodolfo Mozer, Wellington Al e Yasmim Ribeiro, que se dividem entre as tarefas de integrar o elenco, a equipe criativa, a preparação vocal e musical, e a produção de cenografia e figurino. A equipe técnica (som, luz e operação de cenografia) é composta por Fernando Lima, Juju Bac e Mayumi Honda. A Cia. conta ainda com os

colaboradores Gisele Santos (maquiadora), João Pedro Aldozza (figurinos) e Jessica Dittrichi (cenógrafa).

 

 

APOIO CULTURAL:

 

Desde 2010, a Cia. possui uma parceria cultural com a ACENBI - Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira do Imirim. A ACENBI é uma associação cultural e esportiva que busca resgatar a cultura oriental e aproximar as relações entre o povo nikkey. É um espaço destinado à cultura, esporte e arte, voltado para a comunidade nipo-brasileira. Como valorizadores da arte, a ACENBI mantém parceria, oferecendo suporte e apoio de infra-estrutura para a Cia., sendo assim contribuintes essenciais, transformando-se, nos últimos anos, em um pólo de cultura na zona norte de São Paulo; tão carente de iniciativas como esta. O site oficial da ACENBI é http://www.nikkeyweb.com.br/sites/acenbi/

Quer ser um apoiador cultural ou patrocinador?

 

Estamos sempre buscando por novos parceiros. E entende-se por "parceiros" qualquer tipo de negócio: pode ser uma loja de roupa, um supermercado, um banco, uma grande empresa... Trabalhamos com permutas, com divulgação de patrocinador, colocando o seu negócio dentro do nosso (Tem um restaurante? Que tal servir durante nossas apresentações?) e de muitas outras maneiras... Pessoas físicas também podem contribuir! Quem ajuda a Cia. recebe menções honrosas em nosso material de divulgação em espetáculos, bem como contrapartes como: cessão de ingressos, sessões fechadas para públicos específicos, permutas e outros.

 

Quer saber como pode ajudar? Escreva-nos: contato@teatroluscofusco.com. Ficaremos feliz em lhe responder!

Visite também o Espaço do Parceiro e conheça quem são os que apoiam a cia. e fazem a Arte acontecer!

Redes sociais:

  • Facebook Basic Black
  • Twitter preto básico
  • Black Instagram Icon
  • YouTube Basic Black
Compartilhe nossa página com seus amigos:
Inscreva-se no nosso canal no YouTube:

Receba as novidades:

Por favor, insira um email válido

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now